4 Aplicativos de startups inovadoras que ajudam no controle e acompanhamento do diabetes

Muitas vezes, o tratamento para diabetes acaba sendo algo um pouco complicado, não é mesmo? Principalmente para diabetes tipo 1. Afinal, é necessário sempre lembrar de tomar insulina nos horários certos para conseguir controlar ao máximo a doença. No entanto, hoje em dia fazer esse acompanhamento ficou um pouco mais fácil, uma vez que com a ajuda de startups inovadoras e da tecnologia foram criados alguns aplicativos capazes de ajudar e muito as pessoas diabéticas.

 

Sendo assim, pode-se dizer que com o passar dos anos, principalmente por causa do avanço científico e tecnológico, a qualidade de vida dos pacientes portadores de diabetes melhorou e muito. Como essa doença ainda não tem cura, existem inúmeras pesquisas a respeito dela e isso acaba sendo vantajoso, visto que mesmo que a cura não seja descoberta, outras coisas importantes sobre o diabetes são.

 

Somente no Brasil, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), por volta de 16 milhões de pessoas adultas possuem diabetes. É uma quantidade muito grande, não é mesmo? Dessa forma, com a importância que essa doença tem, não apenas aqui no Brasil, mas também ao longo do mundo, é claro que a tecnologia precisava ajudar de alguma forma no controle e no acompanhamento do diabetes.

 

Antes de qualquer coisa é válido ressaltar que absolutamente nenhum aplicativo vai realmente fazer o trabalho de um medidor de glicemia dedicado. De qualquer forma, muitos trazem alguns recursos importantes que são úteis para pessoas portadoras de diabetes. Ou seja, são capazes de melhorar a qualidade de vida desses pacientes, regulando sua alimentação, administrando seus níveis de glicose e até mesmo enviando alertas a fim de lembrar a respeito de injeções de insulina ou de medicamentos.

 

Além de tudo isso, os aplicativos também podem até mesmo fornecer dicas online de profissionais especializados sobre o diabetes. Sendo assim, foi exatamente por conta de todos esses benefícios que este artigo separou uma lista com os 4 melhores aplicativos que ajudam no controle e no acompanhamento do diabetes. Não se esqueça de que o diabetes não tem cura, portanto é realmente necessário contar com ajuda para fazer o tratamento adequado.

 

Veja a seguir quais são esses aplicativos das  startups inovadoras e escolha aquele que mais se encaixar com o seu perfil. Boa leitura!

1 – Glic

Para começar, o primeiro aplicativo, o GLIC, foi criado no Brasil e é o único que é oficialmente recomendado pela Sociedade Brasileira de Diabetes. Isso quer dizer que ele já começa sendo bastante atraente, certo? Na verdade, existem muitos outros benefícios por trás desse aplicativo, desde sua interface muito planejada até mesmo a grande quantidade de ferramentas e recursos que ele oferece.

 

Ao fazer o primeiro acesso é necessário realizar um pequeno cadastro e fazer a transcrição da sua prescrição médica. Feito isso, é só colocar qual o seu índice glicêmico para que o próprio Glic faça automaticamente um cálculo da dose de correção. Há um espaço também para você informar quais são os alimentos consumidos ao longo do dia. Depois que inserir tudo corretamente, o aplicativo vai fazer um relatório completo com contagem de carboidratos, gráficos de glicemia diários, entre muitas outras coisas.

 

Além de tudo o que já foi mencionado, existe também um alerta de hipoglicemia capaz de avisar quando for necessário uma aplicação a mais. Mesmo que seu design não seja o mais funcional e elegante dentre todos os aplicativos que serão abordados aqui, isso não compromete nem um pouco o seu funcionamento.

 

Vale lembrar que o Glic está disponível tanto para Android quanto para iOS e é totalmente gratuito fazer o download.

2 – One Drop

Outro aplicativo muito conhecido pelos investidores de startups inovadoras que ajuda os pacientes diabéticos é o One Drop. Infelizmente, é necessário começar com uma desvantagem sobre ele: não existe ainda uma tradução para português do aplicativo. Isso significa que os usuários precisam conseguir entender o básico do inglês para conseguirem mexer nele. Além do inglês, outros idiomas disponíveis são: espanhol e francês. Sendo assim, apesar da grande quantidade de recursos, pode ficar difícil para uma pessoa realmente entender como operar o aplicativo.

No entanto, se você possui conhecimento em algumas das línguas mencionadas acima, não só pode como deve aproveitar tudo aquilo que o One Drop oferece, afinal de contas ele é uma das opções mais completas de aplicativos para diabéticos. Esse aplicativo conta com inúmeras ferramentas que ajudam os pacientes a controlar o nível de açúcar no sangue e a dieta, tudo com uma configuração muito rápida e simples.

Dica extra: Se você ainda não sabe inglês, além dos aplicativos acima citados, baixe o aplicativo Idiomus, onde você aprende inglês através de resumos de livros de negócios, finanças e desenvolvimento pessoal.

3 – mySugr

Esse é um dos aplicativos de startups inovadoras de diabetes que conta com uma interface um pouco mais divertida, o que torna ele uma das melhores opções para pacientes idosos e para crianças. Entretanto, uma crítica bastante comum a respeito desse aplicativo é que sua organização visual é um pouco confusa. É claro que isso não torna o mySugr algo impossível de ser utilizado, mas a lógica de disposição das ferramentas e dos recursos e a quantidade exacerbada de informações em um só lugar acabam sendo assustadores para quem está começando.

 

Apesar disso, o aplicativo oferece níveis de glicose, lembretes de medicações e registro de refeições. Um dos diferenciais é que ele conta com alguns desafios que têm como objetivo auxiliar os pacientes a completarem algumas metas durante o tratamento da doença. Existem também algumas mensagens motivacionais muito importantes.

 

Para quem preferir, há uma versão PRO do mySugr, a qual, além de tudo o que já foi citado, também traz uma pesquisa inteligente de exercícios físicos e alimentos, formatos adicionais de relatórios, suporte prioritário e desbloqueio de todos os desafios e calculadora de bolus. A única questão é que isso vai custar algo em torno de R$ 4,50 por mês.

4 – Glucose Buddy

Por fim, mas não menos importante, o mais antigo da lista inteira é o Glucose Buddy, o qual está no mercado há 9 anos e por isso hoje é um dos principais aplicativos que ajudam no controle e no acompanhamento do diabetes. No entanto, ao contrário do que muitas pessoas pensam, mesmo sendo mais antigo seu design é muito bem desenhado e as funções são muito bem distribuídas ao longo do aplicativo.

 

A versão mais básica do aplicativo conta um espaço para anotações de refeições e medicamentos, com uma ferramenta de registro de glicemia e muitas outras funções. Além disso, também dá para ver mudanças no nível de glicose por meio de um cálculo feito hora a hora e adicionar notas para referência futura.

 

O Glucose Buddy também oferece um controle de alimentação e de peso muito avançado, o qual é capaz de armazenar todas as suas informações corporais e, por meio delas, oferecer dicas importantes relacionadas à quantidade de calorias e carboidratos que devem ser ingeridas por dia. A única questão um pouco chata do aplicativo é que existem muitas propagandas na versão gratuita. De qualquer forma, ele pode ser baixado tanto em Android quanto em iOS.

Conclusão

Gostou da lista dos 4 aplicativos de startups inovadoras que ajudam no controle e no acompanhamento do diabetes? Então escolha agora mesmo aquele que preferir e comece a se cuidar de uma forma melhor.

Sobre o Autor:

Sou Consultor de Marketing Digital e Expert de Vendas On-line com 18 anos de experiência no mercado de internet e mais de 600 projetos digitais desde 1997, isso mesmo da época que não existia Wordpress, só o velho e bom notepad!

Deixe um comentário